METAVERSO, CASAMENTO E NFTs: QUAL A RELAÇÃO ENTRE ELES?

Se for possível conceituar o que é Metaverso, seria a materialização de uma tecnologia que possibilitaria uma experiência em ambiente virtual, fruto de códigos-fonte e algoritmos tecnológicos desenvolvidos com base em machine learning e inteligência artificial, no qual os indivíduos poderiam interagir por meio de diferentes tipos de tecnologias virtuais, de forma simultânea, com impactos no mundo físico e no universo digital.

Ou seja, seria uma plataforma digital imersiva, intuitiva e sensitiva, onde os usuários passariam por experiências compartilhadas com várias outras pessoas ao mesmo tempo, cujo impacto e efeitos podem se materializar tanto de forma virtual quanto material. Desta forma, são plataformas digitais feitas para socialização dos usuários e não para serem utilizadas apenas isoladamente. Hoje, está se tornando cada vez mais difícil distinguir a vida real da digital, tendo em vista a quantidade de estímulos virtuais que recebemos nas nossas rotinas. Gradativamente, estamos replicando nossas rotinas, interesses e obsessões nos mundos digitais.

O Metaverso nos ofereçará muitas opções novas de consumo e formas diferentes de como comprar e expressar nosso status.  Só que esta personalização vai ter um custo que incentivará a aquisição de roupas, adereços, casas, objetos de decoração e até mesmo bebidas digitais.  A Heineken, uma das maiores marcas cervejarias do mundo, anunciou sua entrada oficial no Metaverso, junto com o lançamento da primeira cerveja virtual. Grandes marcas, como Chanel e Balenciaga, já criaram roupas virtuais para que seja possível traduzir status e estilo na realidade virtual do Metaverso. Em junho de 2021, uma bolsa Gucci, somente disponibilizada para o ambiente digital, foi vendida na plataforma interativa de jogos eletrônicos denominada Roblox por mais de US$ 4 mil, o que é mais do que o valor da bolsa física. A tradicional marca de roupas inglesa Burberry fez parceria com a empresa de jogos eletrônicos Mythical Games em agosto de 2021 para expor e comercializar uma coleção sapatos digitais em seu principal jogo multiplayer chamado Blankos Block Party. Tais diferenciais se tornarão cada vez mais cobiçados, abrindo-se grande oportunidade na prestação de novos serviços e criação de novos produtos, visando a exclusividade e a personalização de itens de status digital para o Metaverso, como fazemos no mundo físico. Para fazer parte deste ambiente, também serão ofertadas recompensas digitais, onde será possível remunerar o usuário com criptomoedas em troca de serviços específicos, compartilhamento de informações ou meramente coleta de dados pessoais.

No caso, o ex-jogador do Barcelona e astro do futebol no Campeonato Alemão, Kevin Prince Boateng, vai se casar neste sábado, 11 de junho de 2022, com a modelo Valentina Fradegrada de uma forma pouco convencional, já que o metaverso e os NFTs estão inclusos no evento.

Um NFT  (token não fungível ou, em inglês non-fungible token) é um tipo especial de token criptográfico que representa algo único. Diferentemente das criptomoedas como o Bitcoin e de vários outros tokens utilitários, os NFTs não são mutuamente intercambiáveis.

Um item fungível, como o dinheiro, pode ser trocado por outro. Uma cédula de Real pode ser substituída, desde que de mesmo valor. Já os itens infungíveis são como as obras de arte, objetos raros, exemplares únicos etc. O NFT representa algo específico e individual, e não pode ser substituído.

Os convites para o casamento estarão disponíveis como NFTs de edição limitada no OpenSea por um curto período de tempo. Ao mesmo tempo em que o casamento presencial ocorre, uma celebração estará disponível no metaverso Over. Ou seja, ambientes e experiências imersivas, tanto no mundo físico quanto no meio digital, para entreter os convidados e atender aos desejos dos noivos.

Basta uma simples análise superficial a respeito de um casamento, para saber o quantas diferentes variáveis estão envolvidas neste tipo de evento, tanto no mundo físico quanto no metaverso: Convidados, Certidão de Casamento, Design de Ambientes (Arquitetura), Presentes, Consumo, Experiências, Decoração, Customização do Avatar, Música e Integração Social.

Por fim, quantos ativos, físicos e digitais, são necessários para promover um casamento? A resposta não é simples. Mas que o metaverso veio para ficar, disso não há dúvidas.

Paulo Perrotti
Paulo Perrotti

Head Cyber Security LGPDSolution, Auditor ESGSolution, Membro Comissão Relações Internacionais e Comissão Privacidade e Proteção de Dados OAB/SP, ISO 27001 e Presidente da Câmara de Comércio Brasil-Canadá (CCBC) de 2017 a 2021.